Número total de visualizações de página

sexta-feira, 12 de março de 2010

A ÁGUA MINERAL BOA...É ALCALINA?


Nenhuma doença subsiste a uma corrente sangüínea alcalina. Essa afirmação é um fato incontestável. Está mais do que provado pela ciência.

Inúmeras pesquisas já se aprofundaram nesse assunto, muito relevante para a manutenção e reconquista da saúde. A questão é como mantermos essa corrente sangüínea alcalina. Há fatores ou variáveis muito poderosos que induzem o insucesso de se manter os nossos sistemas orgânicos alcalinos ou conseguir o triunfo total numa terapia alcalina.

Vivemos numa economia de mercado. Há diversos interesses de grupos que investem em contrapesquisas para a sua sobrevivência. A razão econômica nesse modelo ou paradigma no qual estamos inseridos sempre sobreporá a razão científica da saúde de uma forma extremamente insana.

Exemplo são as pesquisas que tentam afirmar que leite de vaca é bom para os ossos porque tem cálcio, induzindo milhares de pessoas a problemas sérios de saúde ao longo do tempo. Nada mais verdadeiro afirmar que a acidez torna os ossos quebradiços. O leite, além de outros aspectos negativos, é extremamente ácido.

Vejamos o caso da água. A água é um elemento fundamental da vida. Podemos viver sem comer durante 15 dias, mas não podemos viver sem água.

Água é bom. Mas nem toda água é boa. Água boa é alcalina e com poucos resíduos de sódio.

Pesquisamos em um supermercado diversas marcas de água. Ficamos surpresos com a acidez de algumas e com o nível de sódio de quase todas. Água alcalina é a água que ajudará os seus sistemas fluídicos corporais a eliminar toxinas. Água salgada eleva a pressão sangüínea.

Em um dos nossos artigos falamos da importância da alcalinidade da água em nossa saúde. Hoje estaremos fazendo apenas um complemento. O pH da água influencia na desintoxicação de nosso corpo, além de harmonizar a bioeletricidade celular.

No rótulo de qualquer água mineral, observe a seguinte informação: pH a 25º C (temperatura ambiente). Se o pH for igual ou maior do que 7, essa água é alcalina. O pH entre 6 e 7 pode ser considerado semi-ácido. Abaixo de 6, a água é ácida. Mas não é só isso! Precisamos identificar se a água é ou não salgada.Como sabemos?! Veja no rótulo a informação Resíduo de Evaporação a 180ºC calculado. Quanto mais próximo ou menor que 100 mg/L é melhor para o consumo.

Pesquisamos diversos tipos de água mineral no Rio de Janeiro. A água mais assassina por incrível que pareça é a da marca Prata. Desde a infância que ouvíamos falar que a água Prata era a melhor. Poderia até ser naquele tempo. A água Prata é alcalina, mas tem níveis de sódio elevados. Quantos hipertensos vem fazendo uso dela sem saber? Toda água bicarbonatada tem níveis de sódio elevados. A Prata é um exemplo que tem pH a 25º igual a 7,01 (no limite mínimo da alcalinidade). Quanto ao Resíduo de Evaporação a 180ºC calculado, seu rótulo indica 270,28 mg/L. Muito sal!...

Outra água assassina é a da marca São Lourenço. É a pior em tudo! Seu pH a 25º é de 5,20 (extremamente ácida). Quanto ao Resíduo de Evaporação a 180ºC calculado, seu rótulo indica 213,64 mg/L. As pessoas costumam pagar mais caro pela água de pior qualidade!...

A melhor água pesquisada é a da marca Minalba. Seu pH a 25º é de 8,04 (bem alcalino). Quanto ao Resíduo de Evaporação a 180ºC calculado, seu rótulo indica 101,64 mg/L.

Não gostamos de falar em marcas porque não é nosso objetivo direcionar para marca A ou B, dando uma má impressão ao leitor.(...) Quanto mais conscientes estivermos com aquilo que colocamos na boca melhor para o nosso corpo, mente e espírito.

A água é fundamental para manter essa tríade em harmonia. Para proporcionarmos saúde a um doente, antes de mais nada precisamos proporcionar alcalinidade dos seus fluídos corporais.

O sangue percorre nosso corpo pelos 150 mil quilômetros de capilares. Os capilares têm um papel básico em nosso organismo.

Pessoas com câncer devem manter os níveis de alcalinidade corporal controlados. A metástase (reprodução desordenada de células) ocorre em ambiente ácido.

O ser humano e animais precisam do meio alcalino para sua sobrevivência. Só as plantas que precisam do meio ácido.

Aprendemos muito com o dr. Flávio, um médico brasileiro que transcendeu no campo da nutrição, como tantos outros médicos brasileiros aparentemente anônimos.

Aprendemos também com o dr. Orlando Aguiar, notável terapeuta no campo nutricional.

Reservamos especialmente a ele nossas homenagens ao seu profundo conhecimento, que tanto reforça o nosso conhecimento para ajudar cada vez mais pessoas.

O dr. Orlando e sua esposa são exemplos dignificantes de humanidade.
Fonte:
Autoria: Luis Fernando Theodoro de Jesus
Luiz Fernando Theodoro de Jesus é aloeterapeuta e pesquisador independente de assuntos relacionados à nutrição celular e psicologia.
http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=07166

Sem comentários:

Enviar um comentário